25 de setembro de 2011

Vôlei de praia: Circuito Banco do Brasil - Sempre Ricardo e - ou - Emanuel


A interrupção do Circuito Banco do Brasil de vôlei de praia para a realização das etapas mundiais dá um charme a competição, tudo porque o tempo passa e o momento é outro, quem ainda não havia se encontrado poderá estar em plena forma alguns meses depois e vice e versa.

No masculino, a expectativa era grande para a estréia da dupla Ricardo/ Pedro Cunha em terras brasileiras, a nova dupla vem chamando atenção pela sintonia rápida adquirida e a possibilidade de brigar pela vaga olímpica. do outro lado temos Alison/ Emanuel embalados e sempre regulares. No masculino ainda devemos lembrar de citar Márcio/ Benjamim, Harley/ Thiago e hoje Jan/ Bernardo, é incrível como temos nomes diferenciados na categoria. Todavia quem continua fazendo história é Emanuel e Ricardo, mesmo separados, de lados opostos na quadra, sempre eles puxam a fila das conquistas.



Como grandes campeões, experientes e apaixonados pelo Vôlei de Praia os dois se reinventam constantemente atrás do sucesso naquilo que escolheram fazer. Essa nova fase é no mínimo curiosa, pois mesmo em plena forma estão "ensinando" aos jovens o que é preciso para ser um campeão.

Emanuel "levou" Alison para treinar num feriado prolongado, mostrou como ter paciência é importante.

Ricardo não disse claramente que continuará com Pedro Cunha, mas declarou que ele não pensou duas vezes em ir para João Pessoa treinar e que até já alugou apartamento por lá. 


Alison é fã de Emanuel e Pedro de Ricardo. Cada um ao seu jeito eles hoje formam as 2 duplas mais fortes do país. A etapa Salvador contou com a primeira final entre eles, um jogo de 3 sets, marcado por recuperação e estratégia.

Ricardo e Pedro venceram o jogo de virada e assumiram a ponta da classificação do Circuito.


“Ganhar em casa é sempre muito bom. A torcida nos passou uma energia incrível. Tivemos dificuldades no primeiro set e poderíamos ter perdido por 2 a 0, mas conseguimos reagir e passamos a atacar e bloquear melhor e incomodamos mais eles no saque. Com essa vitória passamos à frente na pontuação e isso é muito importante porque estamos vindo em uma crescente boa e queremos chegar ao fim do ano brigando pelo título do Circuito Banco do Brasil”, diz Ricardo. CBV
“Queria muito dar este presente ao Ricardo, ajudá-lo a vencer na casa dele, e consegui. Na verdade, ele se presenteou com uma ótima atuação, além de ter me dado muita força em momentos em que eu não estava tão bem no jogo. Foi um grande parceiro. Fui campeão em Salvador no ano passado e foi muito gostoso voltar a vencer, desta vez com um baiano”, diz Pedro. CBV



Talita e Maria Elisa vencem Juliana/ Larissa



Juliana e Larissa, a melhor dupla brasileira de vôlei de praia da atualidade não tem conseguido manter o equilíbrio como antigamente, isso, por enquanto, não comprometeu os resultados finais, mas pode fazê-lo. Ju e Larissa têm tempo para se encontrar e estão buscando o ponto ideal novamente. Assim sendo, no Brasil nenhuma outra dupla é tão boa para desafiá-las como o são Talita e Maria Elisa. Quem acha que a nossa segunda melhor dupla corre por fora está enganado.

Enquanto os holofotes ficam sob Juliana/ Larissa, Talita/ Maria Elisa  trabalham duro, são talentosas, guerreiras e o mais importante: não desperdiçam oportunidades, qualquer vacilo elas atacam. Foi o que fizeram em Salvador ficando com o ouro para si e dando emoção para a competição. 


Talita e Maria Elisa são as primeiras campeãs do segundo semestre

SALVADOR, 25.09.11 – Campeãs do Circuito Banco do Brasil em 2009, Talita e Maria Elisa (AL/PE) abriram o segundo semestre da temporada 2011 no lugar mais alto do pódio.

Neste DOMINGO (25.09), a dupla comandada pelo técnico Abel Martins derrotou as campeãs mundiais Juliana e Larissa por 2 sets a 0, parciais de 21/14 e 21/18, e ficou com o título da etapa de Salvador do Circuito Banco do Brasil, a sétima da temporada. Val e Shaylyn (RJ/CE) ocuparam o terceiro posto do pódio. 

Talita aprovou a atuação de sua dupla na decisão. “Os jogos contra Juliana e Larissa são sempre difíceis e, muitas vezes, nós cometíamos erros que não poderíamos. Hoje escolhemos a estratégia correta, elas começaram a errar e nós soubemos aproveitar. Depois de tanto tempo fora do Brasil, é muito bom retornar com um título”, comenta. 

Com o título na capital baiana, Talita e Maria Elisa reduzem a vantagem de Juliana e Larissa na classificação do Circuito Banco do Brasil. As campeãs mundiais seguem liderando, agora com 2.680 pontos, contra 2.280 das vencedoras da etapa de Salvador. “Temos o objetivo de tirar esta diferença pouco a pouco. Sabemos que não será fácil, mas temos chances de vencer o Circuito Banco do Brasil mais uma vez e vamos lutar por isso. 

Hoje deu tudo certo na final e tivemos bastante paciência para jogar. Larissa e Juliana sempre entram com 100% física e tecnicamente, então temos sempre que estar 150%”, diz Maria Elisa, que dedicou a conquista à avó Itália, aniversariante do dia.

Para Juliana, que sofreu com câimbras durante a fase eliminatória, no sábado, chegar à decisão em Salvador já é motivo de comemoração. “Não me recuperei totalmente do problema que tive no sábado. Melhorei, mas não estava 100%. Mas, independente disso, a Talita e a Maria Elisa jogaram muito bem e mereceram vencer. Na situação que eu estava ontem, já considero uma vitória termos chegado à final. O importante é que conseguimos manter o retrospecto e chegar a todas as finais neste ano”, explica.

2 comentários:

Samira Calais disse...

Impressionante a marca nas pessoas que a dupla Ricardo e Emanuel deixou.
Pelo carisma, pelo talento, pelas vitórias, pelas alegrias.
Não tem nem como escolher pra quem torcer em duplas separadas, né? rs.

Abração,
Samira
http://oquedeuerradofc.blogspot.com/

Giovani Mattiollo disse...

Ricardo e Emanuel sao a dupla mais forte no masculino, assim como Juliana e Larissa no feminino'

Abraço

||| { SANGUE AZUL } |||
------------------------------------
---> Mário Fernandes se nega a ir para a seleção alegando problemas pessoais
---> Dois jogos em casa para arrancar de vez
---> Grêmio derrota o Avaí fora de casa e se recupera no Brasileirão