23 de março de 2011

A dança dos técnicos

Todo mundo sabe que, no Brasil, técnico tem vida curta. Não deu resultado, rua. Não aguentou a pressão,rua. E também tem o outro lado: surgiu proposta melhor de outro clube? Tchau!

Uma exceção nos últimos tempos talvez tenha sido o Muricy, que ficou vários anos à frente do São Paulo, levantando três canecos consecutivos no Brasileirão. Mas foi ele o pivô da maior troca de técnicos essa semana. Ele chegou no Fluminense com status de campeão, e confirmou a expectativa, levando o tricolor carioca ao título depois de 26 anos. Mas a falta de estrutura do time das Laranjeiras fez com que o rabugento treinador chutasse o balde e pedisse pra sair.

Com isso, o Santos, que havia demitido o Adilson Batista algumas semanas antes, cresceu o olho e já sonha em ter o Muricy treinando Neymar, Ganso e cia. Enquanto isso, o Flu atira para todos os lados em busca de um novo comandante. Até mesmo o Cuca, que foi praticamente enxotado do clube depois de tê-lo salvado da queda, foi cogitado (e obviamente ele não ia largar o Cruzeiro, principalmente por estar em tão boa fase).

E já que falamos no Adilson, ele é o principal alvo do Botafogo para o lugar do Joel Santana. Papai Joel saiu depois da derrota para o Vasco, quando foi muito vaiado pela torcida. E, se bobear, ele acaba indo pro Flu, que pode não ter paciência para esperar o Abel (que já disse que quer vir, mas só em junho).

Pelo Brasil afora, temos um exemplo bem interessante: Antônio Carlos Zago deixou o Mogi Mirim e foi treinar o Vila Nova - GO, no lugar de Helio dos Anjos, que foi para o Sport ocupar a vaga deixada por Geninho, que agora é treinador do Atlético-PR.

Para embalar essa confusão toda, um refrão que se encaixa perfeitamente. A "Dança do Desempregado", sátira bem-humorada a várias coisas, de autoria do Gabriel, O Pensador. Quem será o novo técnico a dançar semana que vem?

Enquanto isso, na Inglaterra, sir Alex Ferguson vai completando 25 anos à frente do Manchester United. Sim, 25 anos!!!

E temos faixa bônus: A Rainha dos Baixinhos canta "Dança da Cadeira". Essa brincadeira é exatamente como a vida dos técnicos é levada...

Saudações Musicais,
Rafs

Letra:
Dança do Desempregado
(Gabriel, O Pensador)

Essa é a dança do desempregado
Quem ainda não dançou tá na hora de aprender
A nova dança do desempregado
Amanhã o dançarino pode ser você
E vai levando um pé na bunda vai
Vai por olho da rua e não volta nunca mais
E vai saindo vai saindo sai
Com uma mão na frente e a outra atrás
E bota a mão no bolsinho (Não tem nada)
E bota a mão na carteira (Não tem nada)
E bota a mão no outro bolso (Não tem nada)
E vai abrindo a geladeira (Não tem nada)
Vai porcurar mais um emprego (Não tem nada)
E olha nos classificados (Não tem nada)
E vai batendo o desespero (Não tem nada)
E vai ficar desempregado


Letra completa






Faixa Bônus: Dança da Cadeira (Xuxa)




4 comentários:

Samira Calais disse...

Essa novela de técnicos é realmente muito chata. Virou uma bagunça sem fim. Se a torcida pede, despedem o treinador. Se um ídolo pede, também. Se tem uma proposta melhor, sai.
E o Muricy também não é muito diferente. Só não saiu do São Paulo porque o time estava ganhando, tinha boa estrutura.
Porque no Fluminense não saiu ano passado pra seleção porque o contrato com a Unimed era milionário e o time estava bem. Agora que o time está mal, abandonou o barco (abandonou sim, não adianta o pessoal querer defender e falar que ele é integro, isso e aquilo) e provou que é mais um técnico igual a todos os outros, que só fica no time enquanto está ganhando e sai por qualquer proposta mais gorda!

Samira
http://oquedeuerradofc.blogspot.com

Giovani Mattiollo disse...

hehehe, é... sempre os técnicos dançando...

Abraço

http://gremista-sangueazul.blogspot.com

Rafaela Andrade disse...

Rafs, grande sacada.
Adorei!
Beijo!

Luiz Fernando VÉTERE disse...

Assuntinho chato, mas que ganha cada vezmais repercussão. Aproveitei e discutí-lo sob uma ótica diferente lá no blog.

Saudações!!!