6 de maio de 2011

Pitacos Femininos: Libertadores e Copa do Brasil - A Bruxa está solta


Ainda não é o mês das Bruxas e nenhum time jogou na sexta-feira 13, mas a semana não foi nada boa para o Futebol, com exceção é claro do Coritiba que vai muito bem, obrigada!

Na terça-feira o Santos passou sufuco, mas conseguiu segurar o empate, passando de fase na Libertadores.

Na quarta-feira, nós são-paulinos vaiamos o time, que até foi valente, mas não conseguiu jogar como esperamos, diga-se de passagem que alguns tentaram, Dagoberto por exemplo correu e muito, Jean nunca acerta o gol, mas não desiste, tenta novamente, todavia só vontade não resolve muito.

Tudo isso não foi nada, Santistas e são-paulinos devem ficar muito contentes. Vejamos:

Os gaúchos esperavam um Gre-Nal na Libertadores, já tinham todas as brincadeiras ensaiadas, sonhavam em como seria, acreditavam numa linda festa vermelha X tricolor, foi quando o Inter se desclassificou, começou a surgir posts dos mais diversos lamentando que o clássico não viria, mas hora depois o pior se materializaria o Grêmio também foi eliminado. E agora? E agora Renato? E agora Falcão?

Isso não era nada, porque o atual campeão brasileiro podia apagar a imagem ruim, porém o que se viu foi a torcida chamando o time de covarde, mas um desclassificado.

Ainda restava o Cruzeiro, considerado o melhor time da atualidade no país, o bicho papão... num jogo dramático, o azulão também disse adeus.

Um dia de lágrimas, um dia para esquecer, que nunca sairá da memória da torcida e refletirá negativamente no bolso dos clubes.


Enquanto Inter, Grêmio, Cruzeiro e Fluminense choravam as pitangas do fatídico dia anterior, o verdão da minha querida parceira Wanessa Ragazza foi ao Sul enfrentar o Coritiba, invicto a 23 partidas, isto é, não perde e nem empata, só ganha. Os céticos não botaram fé no time paranaense, besteira. Os donos da casa precisaram de pouco tempo para apresentar seu cartão de visitas e celebrar a volta do goleiro Marcos ao grupo paulista. Seis a zero. Muitos gols. Dia inesquecível para os coxas e os palestrinos.


Ao mesmo tempo no Rio, o Ceará cresceu diante do Flamengo e calou a arquibancada.
Os jogos de volta da Copa do Brasil são imprevisíveis, mas não acredito que o Palmeiras e o Flamengo consigam reverter a situação, mas não tenho tanta certeza assim que o Avaí vá se entregar ao São Paulo, o jogo será dificil e se o tricolor bobear, perde.

É isso... Cuidado com a bruxa!!!

4 comentários:

José Sousa disse...

Olá querida Rafaela!
Optimo texto, continue que eu a seguirei.

Um beijo e bom fim de semana.

traspondo-barreiras.blogspot.com

Blog do Leandro Leite disse...

Coitado do Marcos. Depois dessa goleada, ele não vai querer jogar tão cedo.
O time do Palmeiras é muito fraco. A diretoria que trate de contratar jogadores, porque com esse time, no minimo vai brigar pela Sulamericana.
E o Felipão tem que trabalhar mais e falar menos.
Eu quero ver ele provar tudo que ele disse, depois do jogo contra o Corinthians.
Abraço aos amigos.

Gabriel Campi disse...

Belo texto, Rafaela. É, a bruxa estava mesmo solta. Também destaquei isso lá no meu blog. Mas isso que é o bacana do futebol. O imprevisível pode acontecer.

Abraços!

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

FuteB.R.O.N.C.A.! disse...

A noite do imponderável. Quarta e quinta-feira de arrancar os cabelos. Sem contar a próxima sexta, que é 13!

Saudações!!!