7 de abril de 2011

Copa do Brasil, Libertadores, Superliga Masculina e patrocínio


O São Paulo espantou a zebra pernambucana na noite de ontem e venceu o valente Santa Cruz, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, num jogo dramático, repleto de expulsões e com dinheiro a penalti perdido o tricolor paulista venceu por 2 gols a zero. Destaque mais uma vez para Dagoberto que vem mantendo a regularidade. Eu ouvi o jogo pelo rádio e é dificil avaliar os cartões, mas depois de assistir na TV não vi exagero no árbitro, a não ser no caso do Lucas que nem cartão amarelo tinha, falando em Lucas este sim exagerou, sem esse sensacionalismo barato de que ele isso ou aquilo, ele é jovem e terá que aprender a malandragem do sangue frio para quando for marcado por alguém no estilo "sombra"

Pela Libertadores da América, na Vila Belmiro o Santos vinha deixando os meus vizinhos felizes, eles gritavam nas janelas a cada gol enquanto eu sofria com um único golzinho de zagueiro, mas logo o jogo virou, Neymar brincou de ser menino e na molecagem ganhou um cartão vermelho, tudo ficou muito complicado, mas ainda deu peixe, com o testemunho do novo técnico Muricy Ramalho. Ainda pela Copa Libertadores, o Inter perdeu e o Fluminense sofreu para não sucumbir antes do tempo.
..............................................................................

Enquanto isso na Superliga Masculina, ao invés de estarmos comentando sobre o incrível jogo entre Vôlei Futuro e Sada Cruzeiro, não se fala em outra coisa que não seja 'homofobia", acho que preconceitos de todos os tipos estão fora de cogitação e são infantis, sem noção, desumanos e nada pacíficos, denigrem imagens, desmoralizam e entristecem, todavia está na hora do brasileiro aprender a resolver situações como essa, primeiro eu pergunto: cadê as provas? Tem aúdio? Foram 2 ou 3 torcedores ou todo um ginásio? O time foi mal recebido em Minas? Como?

Jogar lama no ventilador é fácil. Inflamar a torcida mais antipática dessa Superliga é inteligente? Me desculpem as exceções, mas o Vôlei Futuro, seu estádio, sua torcida e até time estiveram envolvidos em diversas confusões, querem ser radicais e sim, ofendem também, podem não chamar ninguém de "gay" mas denigrem a moral em coros, eles também vão ser representados? 

Longe de justificar, mas também vai se punir em estádio de futebol? Todo mundo que gritar viado no ginásio vai pagar? O Vôlei Futuro garante a segurança do time do Sada Cruzeiro depois dessa semana de polêmicas? Eu quero ver se vão se garantir. 

Por outro lado, Sesi e Vivo- Minas estão concentrados na terceira partida da semi-final, cada um venceu uma e os times estão voando, você já fez suas apostas?

......................................................................................................


Para encerrar, Harley, eterno Rei da Praia publicou no twitter que está sem patrocínio, um jogador talentoso, vitorioso e com grandes chances de representar o Brasil nas Olímpiadas é mais uma vítima da estrutura mal organizada do esporte brasileiro. Onde está o investimento? Como chegar em Londres 2012 e se preparar para o Rio 2016? Para um trabalho sério, é necessário muitos aparatos, entre eles comissão técnica, estrutura de treinamento, Na torcida por ele, por todos os outros e ajudando a divulgar, para que chegue aos ouvidos e olhos de quem possa realmente ajudar.

Por fim, peço desculpas pela ausência, correndo muito, espero que estejam gostando das colunas de Rafael Amaro( Trilha Sonora - Rafs), Juliana Neto( Muito prazer) e os Pitacos Femininos de Aurea Souto e Fernanda Vaz, em breve volto a comentar.

Convite para visitarem o Apenas um Ponto, vocês acreditam em destino? Dividam comigo a sua opinião.
Um grande abraço

Rafaela Andrade

2 comentários:

Anônimo disse...

Sou extremamente contra qualquer tipo de preconceito e acho que isso deve ser banido da torcida do vôlei, que sempre deu um show a parte.
Agora, de todos os comentários que li sobre o episódio "Michael x Torcida Sada", o mais coerente foi esse. O Vôlei Futuro foi protagonista da maioria das confusões dessa superliga e, no jogo contra o Voltaço, a torcida deu um show (de horror) a parte. Mas isso ninguém lembra...
Adorei o texto Rafaela, e vamos esperar pra ver se a torcida e o time do Vôlei Futuro terão respeito pelo adversário, pois pra mim isso não passa de uma jogada para desconcentrar o SADA, melhor vencer na bola, dentro de quadra.
Fabi

tossan® disse...

Agora teremos Muricy Ramalho para dar uma chacoalhada nesses moleques que pensam serem os donos do Santos e do futebol brasileiro. Quem sabe a gente se classifica para a segunda fase(?)
Quanto ao Volei, cada ano que passa os times mudam de nomes e não tem raízes. Como posso torcer para um time que tem o nome de um produto?
Bj