24 de abril de 2011

Superliga Masculina - Final: Sesi, Cruzeiro e seus personagens















 A final de hoje também ficou marcada por diversos personagens, uns consagrados e muito ilustres, outros que até pouco tempo era desconhecidos e muitos dos quais vieram para ficar.


O técnico Giovane Gáveo conhecido de muitos ouros, glórias e títulos, questionado no comando do time é o  único a ser campeão como jogador e também como técnico.

Serginho - Escadinha foi considerado "aposentado" por uns pessimistas de plantão, sofreu com suas costas, fez cirurgia e voltou. Naquela ocasião faltava ritmo, mas nunca vontade, por isso ele vibrou como poucos e chorou muito, contou que os técnicos que fizeram uma de suas radiografias não acreditavam que ele conseguia jogar vôlei com 4 parafusos, era o título faltante na lista do super campeão.

Murilo era outro já conhecido e marcado, mas fez a bola chegar nas mãos do levantador Sandro, liderou a equipe, foi importante, ganhou o Viva Vôlei e num gesto lindo, de sensibilidade o entregou ao central Vini.

Thiago Alves estava disputando sua quarta final de Superliga, coroando a superação de um ano cheio de altos e baixos, celebrando a recuperação da cirurgia, fez um jogo incrível, consciente e à vontade.

À vontade também estava o Filipe do Cruzeiro, vibrante e muito técnico como sempre.

O Cruzeiro tinha o seu Serginho, versátil não pode ser comparado ao do Sesi, mas fez uma partida precisa, enquanto seu time ainda tinha nervos para isso.

Falemos dos centrais: Douglas Cordeiro, Acácio e Sidão deram show na primeira bola e principalmente no bloqueio, todavia o maior personagem desse meio de rede foi mesmo Vini, o sargento como foi chamado, estava inspirado e desequilibrou o mais importante dos sets: o quarto, autor do último ponto do jogo, não cabia em si de tanta alegria, merecido. Pode chorar que você merece!

A briga de opostos foi marca registrada: os " Walaces" vieram para por a bola no chão, o do Cruzeiro ainda é um menino e tem muito o que amadurecer, uma promessa real, quase no ponto. O do Sesi já é um gigante, foi um prazer conhecê-lo, merecido o prêmio de melhor atacante, desculpem aqueles que não concordam, mas por mais que as estatísticas apontassem outro, foi ele quem decidiu o grande jogo, foi o maior pontuador e literalmente não sentiu o peso de ser o oposto do time campeão.

Willian e Walace - amigos, hoje foram rivais

De onde veio o Walace do Sesi também veio o Willian do Cruzeiro, o levantador mostrou seu rosto e seu talento da forma mais bonita: jogando, driblando, criando. Não, ele não é meio campista de futebol, ele é levantador, e que incrível levantador. Merecido o prêmio de melhor da competição, merece a convocação para a Seleção e ganhou pelo Twitter os parabéns do parceiro e "rival" Bruno Rezende, este declarou que aquele é craque de bola.

Poderia ainda citar toda a comissão técnica do Sesi e também a do Cruzeiro, pelos números, estatísticas, lances, estratégias, preparação, emoção, conjunto, apoio... seria exaustiva a lista de agradecimentos.

Todos os jogadores os quais os nomes não estão reproduzidos aqui, valeu pelo espetáculo de vôlei, pela emoção da partida, pelo brilho da técnica.

Até a próxima Giovane.
Te vemos na seleção Serginho.
Continuamos torcendo por você Murilo.
Acreditamos que o futuro do nosso vôlei passa por vocês Walace, Thiago e Walace
Queremos mais emoções como essa que você nos deu Vini
Foi um enorme prazer Willian, continue nos encantando
Obrigada pelo passe Filipe.
Vamos cantar juntos como fez a linda torcida neste dia.
Parabéns personagens do show do esporte vôlei!

Em breve, a torcida que fez o Mineirinho ficar do tamanho do Mineirão, com toda a sua vibração, estará junta de um único lado, torcendo pelo Brasil.


Orgulho do vôlei do Brasil!

Boa semana pra vocês!

Fotos: Alexandre Arruda - CBV

6 comentários:

Fabi disse...

Só tenho 1 comentário: BELÍSSIMO TEXTO, RAFA.

Parabéns ao Cruzeiro pela garra e por ter estado na final.

PARABÉNS AO SESI e a todos seus personagens que fizeram dessa superliga mais do que um campeonato, fizeram um espetáculo *-*

Í.ta** disse...

para se orgulhar mesmo. vôlei de altíssimo nível, com jogadores brilhantes, da seleção, jogando aqui no nosso país.

parabéns pela excelente postagem!

abraços

Samira Calais disse...

Muito, muito bom o jogo da final!
Que vontade de estar lá no Mineirinho!!!
Aquele estádio lotado em dia de final de vôlei é uma coisa de outro mundo, uma sensação incrível!!!

Eu, como boa mineira (independente de time) estava torcendo para o Cruzeiro, que fez uma campanha muito boa, principalmente se tratando de um time relativamente novo.
Mas, o Sesi foi superior. E não só ontem, mas toda a Superliga.

Pena que acabou. E que bom que o Mundial tá pertinho!

Abração,
Samira
http://oquedeuerradofc.blogspot.com/

Giovani Mattiollo disse...

Eu assisti, parabéns ao Sesi... Técnico com nome de campeão em. kkkk

Abraço

http://gremista-sangueazul.blogspot.com

Cleber Soares disse...

Rafaela, foi um grande jogo, à altura do melhor volei do mundo....

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebersoares.blogspot.com

FuteB.R.O.N.C.A.! disse...

Jogaço! Muito mais emocionante que muito clássico do futebol que anda sendo transmitido por aí!

Saudações!!!