16 de fevereiro de 2011

Pra dizer adeus

Nesta segunda foi dado um ponto final em uma das mais brilhantes carreiras de um jogador de futebol. Brilhante não. Fenomenal! O garoto franzino, que disputou sua primeira Copa com 17 anos, e que 4 anos depois já era duas vezes o melhor do mundo. Enfim, Ronaldinho se rendeu aos apelos insistentes do seu próprio corpo e decidiu para de jogar.

Ronaldo Luís Nazário de Lima, revelado pelo São Cristóvão, começou como profissional no Cruzeiro e teve passagens espetaculares pelo PSV da Holanda, Barcelona, e Internazionale. Ainda jogou por dois de seus ex-rivais, Real Madri e Milan, antes de voltar ao Brasil para atuar pelo Corinthians. Maior artilheiro de todas as copas, com 13 gols, entre eles os dois da final da Copa de 2002, marcando uma de suas vitórias contra os problemas no joelho. Bicampeão Mundial com a Seleção, embaixador da ONU. Tudo isso em 18 anos de carreira

Polêmicas à parte, temos que aplaudir este que foi um dos maiores de todos os tempos. Se Pelé eternizou a camisa 10, Ronaldo eternizou a 9. Com apenas 35 anos, é cedo, ou foi tarde demais para dizer adeus? O refrão da música dos Titãs, fenômenos do Rock Nacional, parece ser perfeito para embalar esse momento em que o Ronaldo diz adeus aos gramados.

#Faixa bônus: Sou Ronaldo, de Marcelo D2. Justa homenagem ao fenômeno dos gramados!

Saudações musicais,
Rafs

Pra dizer adeus - Titãs







Letra:

Você apareceu do nada
E você mexeu demais comigo
Não quero ser só mais um amigo
Você nunca me viu sozinho
E você nunca me ouviu chorar
Não dá prá imaginar quando
É cedo ou tarde demais
Prá dizer adeus
Prá dizer jamais
Às vezes fico assim pensando
Essa distância é tão ruim
Porque você não vem prá mim?
Eu já fiquei tão mal sozinho
Eu já tentei, eu quis chamar
Não dá prá imaginar quando
É cedo ou tarde demais
Prá dizer adeus
Prá dizer jamais
Eu já fiquei tão mal sozinho
Eu já tentei, eu quis...
Não dá prá imaginar quando
É cedo ou tarde demais
Prá dizer adeus
Prá dizer jamais
É cedo ou tarde demais...


Sou Ronaldo - Marcelo D2





8 comentários:

Giovani Mattiollo disse...

Legal, Ronaldo merece. Muito legal essa letra.

Não passa mais no Sangue Azul?

Abraço

http://gremista-sangueazul.blogspot.com/

Gol de Mão disse...

O refrão da música cai como uma luva na história de Ronaldo. Uma pena ele ter quer se despedir por motivos físicos e não encerrar no auge como merecia.

Equipe Blog Gol de Mão
www.bloggoldemao.blogspot.com

Í.ta** disse...

bonita postagem. ronaldo entrou para a história por tudo o que representa para o país, por tudo o que construiu em sua brilhante carreira.

abraços.

Ronei disse...

Concerteza, o Ronaldo não foi um simples jogador, mas sim um grande diferenciado em campo, um jogador que decidia as partidas. Chega uma hora que tem que parar mesmo, e essa hora chegou.

Agora sobre o Twitter e o email, Criei sim, vou te mandar pro seu email, acabei esquecendo, o tempo passa rápido que agente nem ver.

Um abraço,

Ronei
Atlético Mineiro o Blog Vingador
http://atletico-mineiro.blogspot.com/

Samira Calais disse...

Eu sou geração Ronaldo e sem dúvida foi o melhor jogador que já vi jogar.
Se despediu na hora certa.
Uma pena aquele Ronaldo de antigamente ficar apenas nos VTs, né?

Abraço,
Samira
http://oquedeuerradofc.blogspot.com/

Wanderley Elian Lima disse...

Mas tudo na vida tem um ponto final. O importante é saber a hora de parar.
Obrigado por sua visita.
Bjux

tossan® disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tossan® disse...

Se eu fosse o Ronaldo teria parado em 2009 por cima, depois que o Corinthians ganhou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil. Ali era o momento ideal e parar. Mas por tudo que ele passou tinha que abandonar mesmo. Foi escolher logo o timico para jogar, fizeram isso com grandes jogadores como o Rivelino, Edilson, outros e agora com Roberto Carlos e Ronaldo. Jogadores como eles não precisam e não devem pisar no Corinthians o timico da rua marginal s/n é o fim da linha, eles destroem mesmo.
Essa música é uma delícia! Beijo