8 de janeiro de 2011

Muito prazer, competições do vôlei brasileio em 2011

Fim das atividades 2010, início da temporada 2011 e muitas emoções para o vôlei brasileiro. O novo ano que começou há poucos dias promete ser bastante agitado e com muitas competições ao longo da temporada. Tem disputas nacionais, internacionais; de clubes, seleções, duplas e muito mais. Trago uma lista com as disputas mais importantes no esporte nessa temporada:

- Superliga: grande disputa dos clubes brasileiros nesses primeiros meses de 2011. No masculino, cuja disputa já recomeçou essa semana, a briga será boa e sem chances de previsões: Sesi, Vôlei Futuro, Montes Claros, Cimed, Sada/Cruzeiro, Pinheiros, Medley/Campinas, Minas, todos lutando ponto a ponto pelo título da melhor Superliga da história, que está prevista para ser decidida no penúltimo final de semana de abril. Na Superliga feminina, que recomeça no próximo dia 12 e tem tudo para seguir agitada até o dia 1 de maio, a pergunta é se aparecerá um time capaz de mudar a já tradicional final entre Rio e Osasco.

Muito vôlei para o torcedor brasileiro em 2011. Foto: CBV
- Liga Mundial: disputa que acontece entre 27 de março e 10 de julho, com finais na Polônia. Seleção masculina presente no grupo A da primeira fase da competição, junto com Estados Unidos, Polônia e Porto Rico. Atuais eneacampeões, os comandados de Bernardinho buscarão chegar ao décimo título na competição. E as chances serão enormes para que esse feito aconteça.

- Grand Prix: acontece entre 5 e 28 de agosto, com finais em Macau, na China. Participando da competição como país convidado, a seleção feminina lutará para conquistar novamente o torneio, que ficou nas mãos das americanas em 2009. Pode ser o fim do jejum de títulos, já que em 2010 a seleção não conquistou nenhum campeonato.

- Copa do Mundo Feminina: disputada no Japão, entre 4 a 18 de novembro de 2011.Torneio classificatório para as Olimpíadas de Londres 2012. As meninas do Brasil lutarão pelo ouro da competição, que escapou nas últimas duas edições.Tem tudo para ser o maior desafio da seleção nessa temporada.

- Copa do Mundo Masculina: assim como a Copa do Mundo Feminina, acontece no Japão, entre 20 de novembro e 4 de dezembro e decide as seleções que estarão na disputa dos jogos olimpícos 2012. A seleção masculina vai atrás do tri-campeonato da competição.

- Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia: com disputas já começando no próximo dia 12, a competição sofrerá muitas mudanças. De acordo com a CBV, o objetivo é fortalecer o evento e torná-lo cada vez mais forte. Dentre as principais mudanças está o aumento da pontuação dos sets, que anteriormente era de 18, para 21 pontos e a redução do ranking de 24 para 18 duplas por etapa. E para a primeira etapa do ano, muitas novas duplas serão conhecidas. Destaque para Thiago e Pedro Cunha, campeões em 2010, que jogarão separados. Thiago fará dupla com Harley e Pedro Cunha com Pedro Solberg. Além dos jogos do CBBVP, o vôlei de praia ainda contará com as etapas do Circuito Estadual e SUB-21.

- Circuito Mundial de Vôlei de Praia: uma disputa boa entre duplas brasileiras, americanas, chinesas, alemãs, espanholas, dentre outras, tanto no feminino, quanto no masculino. Os destaques do calendário 2011 ficam por conta do Canadá, que volta à lista após algumas temporadas e da China, que receberá um Grand Slam na mesma arena da disputa olimpíca de 2008. As etapas da temporada 2011 começarão a contar pontos para o preenchimento das 32 vagas para os jogos de Londres 2012 (16 no masculino e 16 no feminino). Devido às mudanças de classificação anunciadas pela CBV, a dúvida é se as vagas ficarão com as duplas que as conquistarem ou se a CBV escolherá as parcerias que irão à Londres.

- Campeonato Mundial de Vôlei de Praia: competição de maior destaque na temporada e que acontece a cada dois anos, será disputada na Itália, entre os dias 14 e 26 de junho. As duplas brasileiras buscarão o ouro, que escapou de Juliana e Larissa e Harley e Alison na última edição realizada na Noruega, em 2009.

- Jogos Pan-americanos de Guadalajara: maior competição do continente, no mês de outubro, reunirá as quatro modalidades do vôlei brasileiro: indoor masculino e feminino e vôlei de praia também masculino e feminino. Nos últimos jogos, disputados no Rio, em 2007, o Brasil só não foi campeão com a seleção feminina, que perdeu a final no tie-break para Cuba. Em 2011, será a chance das meninas se redimirem e o país voltar do México com os quatro ouros.

Um comentário:

Giovani Mattiollo disse...

Gosto muito do volei de praia, é emocionante em apenas dois.
E copa do mundo sempre meche com os corações brasileiros

http://gremista-sangueazul.blogspot.com/